O elevador do seu condomínio está seguro?

Em nossas conversas relacionadas a condomínios, assembleias ou ambiente de trabalho, quando o assunto é o elevador, sempre ouvimos estórias sobre pessoas que passaram por apuros ou ficaram presas, sem saber o que fazer.

Os elevadores são meios de transportes e equipamentos mecânicos que estão sujeitos a falhas e paradas. Diversos são os motivos, como problemas em sensores, problemas no sistema de elevação, excesso de peso  ou queda de energia. Este último, em especial, é um motivo recorrente, principalmente considerando condomínios novos.

E como saber se, ocorrendo um caso destes no condomínio, as pessoas conseguirão pedir ajuda e serem socorridas?

O que fazer se alguém ficou preso no elevador?

elevador01Segundo o corpo de bombeiros, não é aconselhável retirar uma pessoa do elevador em situações de risco sem apoio de pessoal especializado. Ao invés disso, o aconselhável é identificar que existe a situação e entrar em contato com estes profissionais.

Neste momento, a primeira coisa que vem à cabeça da vítima é utilizar o celular e ligar para alguém. Porém, dependendo da localização, o sinal do celular dentro do elevador é muito fraco e, se estiver funcionando, temos que ter a sorte de ligar para a pessoa certa. O segundo pensamento é pegarmos o interfone do elevador e tentar entrar em contato com alguém que esteja do outro lado (porteiro, zelador, síndico ou outros moradores). No entanto, em 67% dos condomínios inspecionados pela Mais Alerta, este interfone ou estava intermitente ou estava fora de funcionamentoSe nada disso der certo, o que resta é ficar apertando aquele botãozinho de alarme e, se ele estiver funcionando, torcer para que alguém ouça e saiba como ajudar.

Segundo a legislação, os contatos por meio de interfone e botão de alarme são regulamentados pela ABNT NBR 15597:2010 no item 5.14.4, e pela NBR  NM 207 para novas construções, que determinam a necessidade de implantação no interior dos elevadores de comunicação com a portaria e a casa de máquinas, além do alarme sonoro dentro do elevador.

Como garantir que o condomínio está preparado?

É importante que o Síndico e o Zelador verifiquem o funcionamento do botão de alarme e a comunicação do interfone do elevador com a portaria frequentemente, garantindo o mínimo de segurança e socorro aos moradores e visitantes do condomínio. Além disso, conhecer o contato da empresa que presta manutenção nos elevadores é fundamental, pois estas possuem atendimento especializado de socorro para as vítimas dentro do elevador.

Pensando em auxiliar os síndicos nesta situação, a Mais Alerta desenvolveu uma metodologia de análise das condições de funcionamento da comunicação dos elevadores. Nesta análise, verificamos os requisitos necessários para o correto funcionamento dos equipamentos de comunicação e monitoramento dos elevadores, bem como a contingência energética destes, conforme mencionado neste artigo. Para condomínios de pequeno e médio porte, nós fazemos esta análise gratuitamente.

botão at gratis 2

Quer saber mais sobre a situação do seu condomínio?

Durante a implantação da solução de portaria Mais Alerta, nós realizamos o diagnóstico completo de segurança, o que garante a vocês, síndico e moradores, conhecer os problemas e planejar soluções relacionados à segurança do condomínio, incluindo o sistema de comunicação dos elevadores.

Saiba mais no site e entre em contato conosco para sanar dúvidas ou marcar uma visita.

O elevador do seu condomínio está seguro?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *